08_2017_01

Luiz Altamir celebra medalhas e título do clube no Finkel 2017

Luiz Altamir encerrou neste sábado (12) sua participação no Troféu José Finkel de Natação, um dos torneios mais prestigiados do calendário nacional. Com duas medalhas individuais e uma em revezamentos, o nadador ajudou seu clube, o Esporte Clube Pinheiros, a conquistar o 14º título na competição, com 2.469,5 pontos. O jovem de 21 anos, que foi criado no Ceará, conquistou a medalha de ouro no revezamento 4x200m livre, com o tempo de  07min17s05, novo recorde do campeonato. Luiz também foi  prata nos 200m livre (01min49s98), e bronze nos 400m livre masculino, com o tempo de 3min52s67. Luiz ainda nadou os 200m borboleta, finalizando na quinta colocação (01min59s20).

Luiz Altamir. Trofeu Maria Lenk. Parque Aquatico Maria Lenk. 04 de Maio de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Luiz Altamir nada quatro provas no Troféu José Finkel de Natação

Especialista em provas de meio fundo, Luiz Altamir está confirmado na disputa do Troféu José Finkel de Natação, que será realizado a partir de terça-feira (8) no Parque Aquático da Associação Santa Cecília (UNISANTA). O nadador está na fase final de preparação para o torneio que irá reunir os melhores atletas do país, inclusive os que estiveram no Mundial de Desportes Aquáticos de Budapeste.
“Depois de um Mundial forte desses, eu acabo ficando muito animado para a competição, que promete ter um nível altíssimo. A preparação para o Finkel está sendo excelente e estou muito ansioso para colocar em prática o que tenho feito nos treinos”, comenta o nadador, que nesta temporada já faturou quatro medalhas na disputa do Troféu Maria Lenk 2017.

O atleta de 21 anos vai nadar os 200m, 400m livre e os 200m borboleta, além de fazer parte do revezamento 4x200m livre masculino do clube.

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é nadador do E.C. Pinheiros. O atleta, que disputou a Rio 2016, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira.

FOTO: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Trofeu Maria Lenk 2017 | Rio de Janeiro, Brasil | Foto: RicardoBufolin/ECP

Luiz Altamir leva duas medalhas e bate recorde no Campeonato Paulista de Inverno

Atleta do Pinheiros testou provas diferentes e contribuiu para o título do E.C. Pinheiros
Luiz Altamir saiu do Campeonato Paulista Júnior e Sênior de Inverno – XVIII Troféu Salvador Granieri Sobrinho, realizado em Santos, satisfeito. O nadador do Esporte Clube Pinheiros bateu o recorde do campeonato na prova dos 200 m borboleta  e ajudou seu clube à conquistar o título da competição. O nadador cravou no cronômetro a marca de 1min58s57, faturando a medalha de ouro.

O atleta de 21 anos ainda disputou outras 3 provas como forma de teste. Nos 400 m medley, ele surpreendeu e conquistou a medalha de prata com o tempo de 4min31s42. Nos 100 m livre, terminou na quinta colocação (51s86) e nos 200 m medley finalizou em sétimo lugar (2min09s56).

 

Trofeu Maria Lenk 2017 | Rio de Janeiro, Brasil | Foto: RicardoBufolin/ECP

Luiz Altamir testa novas provas no Campeonato Paulista Júnior e Sênior de Inverno

Atleta do Pinheiros está escalado para os 400 m medley, 100 m livre, 200 m medley e 200 m borboleta

Luiz Altamir começa o segundo semestre de competições com novidades. Neste fim de semana (1 e 2), o nadador do EC Pinheiros disputa o Campeonato Paulista Júnior e Sênior de Inverno – XVIII Troféu Salvador Granieri Sobrinho, que será realizado no parque Aquático da Universidade Santa Cecília (Unisanta), em Santos (SP). O atleta vai competir em quatro provas: no sábado encara os 200m e 400m medley e também os 100m livre; já no domingo será a vez dos 200m borboleta.

“Espero que seja uma ótima competição. Estou em uma fase nova, vou nadar algumas provas para testar e nessas que não são minha especialidade, como o medley, pretendo fazer o melhor tempo da minha vida”, disse o jovem de 21 anos.

Natural de Roraima e criado no Ceará, passou a treinar no Pinheiros no início de 2017. Com programas específicos de treinamentos e novas experiências em competições, o nadador olímpico segue sua preparação para Tóquio 2020.

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é nadador do E.C. Pinheiros. O atleta, que disputou a Rio 2016, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira.

Trofeu Maria Lenk 2017 | Rio de Janeiro, Brasil | Foto: RicardoBufolin/ECP

Os planos de Luiz Altamir para o ciclo olímpico de Tóquio 2020

Nadador olímpico comemora evolução logo no inicio de trabalho pelo E.C. Pinheiros

O nadador olímpico Luiz Altamir completa, nesta terça-feira (9), 21 anos de idade e mesmo ainda muito novo já traçou seus objetivos para a carreira profissional. Natural de Roraima, mas criado no Ceará, o atleta tem planos bem definidos para o ciclo olímpico de Tóquio 2020, como viagens de treinamento para o exterior, camp de altitude e disputar competições internacionais. O especialista em provas de fundo e meio fundo – 400 m livre, 200 m livre e 200 m borboleta – quer investir na sua carreira com apoio de seu novo clube desde janeiro de 2017, o E.C. Pinheiros, de Sao Paulo.

”Faz parte do meu dia-a-dia buscar o melhor, sempre. Isso inclui investir em competições no exterior e treinamentos diferenciados, tudo é claro supervisionado pela minha comissão técnica. Busco sempre ver meus adversários nadando de perto, o que agrega muito ao meu trabalho. Quero estar em Tóquio 2020 e não vou deixar a oportunidade escapar”, disse Luiz Altamir, que pretende nadar as etapas de Barcelona e Canet do Marenostrum, tradicional competição europeia da modalidade.

Na semana passada, o atleta faturou quatro medalhas na disputa do Troféu Maria Lenk 2017, disputado no Rio de Janeiro (RJ), e ajudou o E.C. Pinheiros a ser o campeão brasileiro mais uma vez. Luiz Altamir fechou o evento com o ouro nos 200 m livre e a marca de 1min48s16, o seu recorde pessoal na distância. As outras medalhas foram a prata nos 400 m livre (3min50s49), a prata no 4×200 livre masculino (7min17s27), com o time do Pinheiros, e o bronze nos 200 m borboleta (1min57s15).

Recentemente, Luiz Altamir deixou o Flamengo e se mudou para a capital paulista. O treinamento é diferente, a rotina também. ”Meu treinamento é voltado para fazer o início de prova tão forte quanto o fim. Mesmo com pouco tempo de trabalho no E.C. Pinheiros, eu já consigo sentir a diferença nesse sentido. Aos poucos as melhores marcas vão saindo, como nos 200 m livre. Não posso deixar de agradecer o trabalho no Rio de Janeiro, que me fez alcançar a vaga na Rio 2016 e as medalhas na Olimpíada da Juventude de Nanjing 2014 e no Pan de Toronto 2015”.

Fora das piscinas, o nadador faz um curso preparatório para o vestibular. O curso ainda não está definido, mas a dedicação e desempenho aos estudos não faltam.

Trofeu Maria Lenk 2017 | Rio de Janeiro, Brasil | Foto: RicardoBufolin/ECP

Luiz Altamir ajuda E.C. Pinheiros a vencer o Troféu Maria Lenk

O Esporte Clube Pinheiros confirmou o favoritismo e sagrou-se campeão pela 17ª vez do Troféu Maria Lenk de Natação. Luiz Altamir, foi um dos destaques do clube paulista, encerrando o torneio com quatro medalhas.

Na sua primeira temporada no clube, o nadador bateu seu recorde pessoal nos 200 m livre e se consagrou campeão da prova, com o tempo de 1min48s16. Luiz caiu na água na raia seis e teve as parciais de 52s98 na primeira metade da prova e 55s18 na segunda. Nos 400 m livre ele foi prata (3min50s49) e nos 200 m borboleta, bronze (1min57s15). Altamir ajudou também o clube a terminar na segunda colocação no revezamento 4×200 m livre masculino, que fechou a prova em 7min17s27.

”Sentimento de dever cumprido, mas eu sei que posso melhorar ainda mais meus resultados. Treinei pra baixar meus tempos e acabei conseguindo nos 200 m livre. Vou treinar mais”, disse o nadador que disputou a Rio 2016 e é medalhista olímpico da juventude em Nanjing 2014.

 

altamir14 1

Luiz Altamir vence três provas no Torneio Regional de natação

Luiz Altamir fez uma grande estreia pelo Esporte Clube Pinheiros, vencendo três provas no Torneio Regional de Natação de São Paulo, organizado pela FAP (Federação Paulista de Natação) na piscina de seu novo clube no sábado (18).  O nadador de 20 anos venceu os 200 m livre (1min48s19), 400m livre (3min50s35) e 200 m borboleta (1min57s74). Altamir segue com o foco no treinamento para o Troféu Maria Lenk, de maio, que vai servir como seletiva para o Mundial de Desportes Aquáticos de Budapeste.
16174941_572923816165463_7395491662854668412_n

Luiz Altamir faz sua estreia pelo EC Pinheiros competindo no Regional de Regional de Natação de São Paulo

Luiz Altamir, novo reforço do Esporte Clube Pinheiros, participa neste sábado (18) do Torneio Regional de Natação de São Paulo, das categorias de juvenil à sênior. O nadador de 20 anos vai competir em quatro provas: os 200 m livre, 400 m livre, 200 m borboleta e 200 m medley. O torneio será disputado em casa, na piscina Olímpica do EC Pinheiros em duas etapas.
Luiz se prepara para o Troféu Maria Lenk, marcado para o mês de maio no Rio de Janeiro, e que também servira como seletiva para o Mundial de Desportes Aquáticos de Budapeste, em julho. O nadador, que é medalhista dos Jogos Olímpicos da Juventude, já esteve em Kazan 2015 e espera repetir a dose.
A primeira etapa do Torneio Regional, organizado pela FAP (Federação Paulista Aquática), começa às 8h20, horário de Brasília e a segunda etapa às 15h.
luiz2

Nadador do Flamengo Luiz Altamir fecha ano olímpico com medalhas

O flamenguista Luiz Altamir foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro Sênior/Torneio Open de Natação, disputado em Palhoça (SC). O nadador de 20 anos ficou com o ouro na prova dos 200 m livre (1min49s11) e a prata nos 400 m livre (3min50s64). O evento foi o último de Luiz Altamir na temporada 2016, que marcou sua estreia em Jogos Olímpicos. ”Foi um ano especial com a disputa da Rio 2016 e resultados expressivos. Mas eu quero e vou melhorar muito para a próxima temporada, principalmente nos 400 m livre, prova que estou bem mais treinado. Agora é descansar um pouco e voltar com nova energia”, disse o nadador, que é campeão pan-americano e sul-americano, além de medalhista dos Jogos Olímpicos da Juventude.

luiz1

 

O próximo objetivo dele é tentar vaga no seleto grupo de nadadores que disputará o Mundial de Budapeste 2017. A última seletiva será no Troféu Maria Lenk, marcado para abril do ano que vem. Luiz Altamir tem a sua disposição a reformada piscina do Flamengo, na Gávea, e também utiliza as dependências do Maria Lenk, piscina que recebeu a natação no Pan de 2007 e o polo aquático na Rio 2016

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é nadador do Flamengo. O atleta, que disputou a Rio 2016, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.

luiz

Luiz Altamir no pódio do José Finkel 2016

Depois de disputar sua primeira Olimpíada, Luiz Altamir voltou a competir, mas, dessa vez, em piscina de 25m, pelo Troféu José Finkel de 2016. A competição, realizada no Clube Internacional de Regatas de Santos (SP), reuniu os principais atletas do país e o nadador do Flamengo conquistou a medalha de prata na sua prova favorita, os 400m livre.

Nas eliminatórias, o atleta do Flamengo fez o melhor tempo do dia na distância, 3min46s10. Na grande final, Luiz Altamir protagonizou uma bela disputa contra Leonardo de Deus, que acabou vencendo e estabeleceu o novo recorde brasileiro e da competição na distância, 3min41s75. O tempo de 3m42s89 de Altamir também superaria o recorde anterior, que pertencia a Armando Negreiros (3m43s41) e ja durava 11 anos.

“Foi uma prova interessante, ele fez um tempo melhor do que quando ele estava ‘pesado’. É normal após uma Olimpíada o atleta dar uma desacelerada e coincidiu ele sentir um pouco o corpo, que estava bstante sobrecarregado. Mas ele fez um ótimo tempo. Ele agora descansa um pouco, depois vamos focar em melhorar o condicionamento físico dele. Em novembro temos o open e encima disso vamos buscar tempos mais fortes”, destacou Eduardo Pereira, o Duda, treinador.

Altamir ainda disputou os 200m livre, alcançando o 7º lugar na final, com o tempo de 1min46s40, e também os 200m borboleta, vencendo a final B com o tempo de 1min56s35. O atleta ainda ajudou os colegas do Flamengo nos revezamentos 4x200m livre, 4x100m livre e 4x100m medley, alcançando o sexto lugar nas duas primeiras provas e fechando com a nona colocação.