altamir14 1

Luiz Altamir vence três provas no Torneio Regional de natação

Luiz Altamir fez uma grande estreia pelo Esporte Clube Pinheiros, vencendo três provas no Torneio Regional de Natação de São Paulo, organizado pela FAP (Federação Paulista de Natação) na piscina de seu novo clube no sábado (18).  O nadador de 20 anos venceu os 200 m livre (1min48s19), 400m livre (3min50s35) e 200 m borboleta (1min57s74). Altamir segue com o foco no treinamento para o Troféu Maria Lenk, de maio, que vai servir como seletiva para o Mundial de Desportes Aquáticos de Budapeste.
luiz2

Nadador do Flamengo Luiz Altamir fecha ano olímpico com medalhas

O flamenguista Luiz Altamir foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro Sênior/Torneio Open de Natação, disputado em Palhoça (SC). O nadador de 20 anos ficou com o ouro na prova dos 200 m livre (1min49s11) e a prata nos 400 m livre (3min50s64). O evento foi o último de Luiz Altamir na temporada 2016, que marcou sua estreia em Jogos Olímpicos. ”Foi um ano especial com a disputa da Rio 2016 e resultados expressivos. Mas eu quero e vou melhorar muito para a próxima temporada, principalmente nos 400 m livre, prova que estou bem mais treinado. Agora é descansar um pouco e voltar com nova energia”, disse o nadador, que é campeão pan-americano e sul-americano, além de medalhista dos Jogos Olímpicos da Juventude.

luiz1

 

O próximo objetivo dele é tentar vaga no seleto grupo de nadadores que disputará o Mundial de Budapeste 2017. A última seletiva será no Troféu Maria Lenk, marcado para abril do ano que vem. Luiz Altamir tem a sua disposição a reformada piscina do Flamengo, na Gávea, e também utiliza as dependências do Maria Lenk, piscina que recebeu a natação no Pan de 2007 e o polo aquático na Rio 2016

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é nadador do Flamengo. O atleta, que disputou a Rio 2016, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.

luiz

Luiz Altamir no pódio do José Finkel 2016

Depois de disputar sua primeira Olimpíada, Luiz Altamir voltou a competir, mas, dessa vez, em piscina de 25m, pelo Troféu José Finkel de 2016. A competição, realizada no Clube Internacional de Regatas de Santos (SP), reuniu os principais atletas do país e o nadador do Flamengo conquistou a medalha de prata na sua prova favorita, os 400m livre.

Nas eliminatórias, o atleta do Flamengo fez o melhor tempo do dia na distância, 3min46s10. Na grande final, Luiz Altamir protagonizou uma bela disputa contra Leonardo de Deus, que acabou vencendo e estabeleceu o novo recorde brasileiro e da competição na distância, 3min41s75. O tempo de 3m42s89 de Altamir também superaria o recorde anterior, que pertencia a Armando Negreiros (3m43s41) e ja durava 11 anos.

“Foi uma prova interessante, ele fez um tempo melhor do que quando ele estava ‘pesado’. É normal após uma Olimpíada o atleta dar uma desacelerada e coincidiu ele sentir um pouco o corpo, que estava bstante sobrecarregado. Mas ele fez um ótimo tempo. Ele agora descansa um pouco, depois vamos focar em melhorar o condicionamento físico dele. Em novembro temos o open e encima disso vamos buscar tempos mais fortes”, destacou Eduardo Pereira, o Duda, treinador.

Altamir ainda disputou os 200m livre, alcançando o 7º lugar na final, com o tempo de 1min46s40, e também os 200m borboleta, vencendo a final B com o tempo de 1min56s35. O atleta ainda ajudou os colegas do Flamengo nos revezamentos 4x200m livre, 4x100m livre e 4x100m medley, alcançando o sexto lugar nas duas primeiras provas e fechando com a nona colocação.

Rio2016_Altamir1_SatiroSodreSSPressx

Luiz Altamir finaliza sua participação nos Jogos do Rio

Luiz Altamir terminou na terça-feira (9) sua participação na Rio2016. Após nadar eliminatórias da prova dos 400 m livre, onde terminou na 32ª colocação, o nadador de 20 anos, integrou a equipe de revezamento 4×200 m livre do Brasil. Altamir abriu a série, cravando 1min48seg19 no cronometro oficial, sua melhor marca pessoal, e junto com João de Lucca (1min47seg77), André Pereira (1min49seg19) e Nicolas Oliveira (1min48seg69), terminaram a prova na 14ª posição, totalizando o tempo de 7min13seg84.

“Saio um pouco triste com os meus resultados, poderia ter baixado mais os tempos e praticamente mantive todos eles. Mas estou feliz de poder estar vivenciado isso tudo. Primeira Olimpíada, vendo toda essa torcida te apoiando atrás do bloco, é emocionante”, contou o atleta.

Foto: Satiro Sodré/SSPress

altamir01x

Rio 2016: Luiz Altamir é o nome do Brasil nos 400 m livre

Luiz Altamir compete neste sábado (6) no primeiro dia de competições dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O nadador, estreante em Olimpíadas, será o único brasileiro nos 400 m livre. As eliminatórias da prova começam às 13h (horário de Brasília), e a final da prova será realizada no mesmo dia, às 22h.

“Treinei muito no Rio, suei bastante, batalhei todos os dias e agora tenho a chance de defender o meu País na Rio 2016. Espero baixar meus tempos, dar o melhor de mim e conseguir um bom resultado”, disse Luiz.

O jovem de 20 anos também compete na terça-feira (9) no revezamento 4×200 m livre. O atleta integra o time brasileiro, que tem ainda Nicolas Oliveira, João de Lucca e André Pereira.

“Represento o Brasil desde as categorias de base. No ano passado entrei para a seleção adulta e logo de cara competi o Pan de Toronto. É um orgulho fazer parte deste time. Estou muito feliz. No revezamento, com certeza, vamos tentar representar o Brasil da melhor forma possível.”

As disputas da natação nos Jogos, que são realizadas no Parque Olímpico da Barra, terminam no dia 13 de agosto.

altamir24

Flamenguista Luiz Altamir faz sua estreia no Marenostrum de natação

Em 2016 Luiz Altamir faz sua estreia nos Jogos Olímpicos de Verão, mas antes de encarar um dos maiores desafios da carreira, o nadador do Flamengo compete pela primeira vez em um dos principais circuitos da natação mundial: o Marenostrum. Entre os dias 8 e 9 de junho, a competição corre solta em Canet, na França. Já de 11 à 12, o palco da disputa será em Barcelona, na Espanha.

“Estou muito ansioso para competir. Já havia visto na televisão, mas participar será algo totalmente novo. É um evento muito importante, poderemos ver como estou e se os treinos estão funcionando. Acredito que a fase de treinamento está muito boa e forte, estou rodando bastante e malhando pesado”, comentou o flamenguista, que está balizado em duas provas: os 200 m livre e os 400 m livre.

O nadador está classificado para defender as cores do Brasil na Rio 2016 nos 400m livre e revezamento 4×200 m livre. O time brasileiro vai contar com Nicolas Nilo (1min46s97), João De Lucca (1min47s65), Luiz Altamir (1min48s29) e André Pereira, que entrou com o quarto tempo de 1min48s72. A ordem ainda não está definida. O índice individual da prova era de 1min47s97.

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é nadador do Flamengo. O atleta, que é patrocinado pelos Correios, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.

Luiz Altamir

Nadador do Flamengo conta as horas para Rio 2016

Faltam 100 dias para a Rio 2016 e a equipe de natação já está praticamente definida para o evento. Classificado para sua primeira olimpíada, Luiz Altamir sonha alto e quer fazer história em agosto. O Jovem de 19 anos estará na prova dos 400 m livre e possivelmente no revezamento 4×200 m livre – que deve ser oficializado até lá. O atleta do Flamengo promete se dedicar aos treinos para chegar pronto para brilhar. Os próximos passos dele são os treinamentos específicos voltados para os Jogos. “Agora é continuar focado para as Olimpíadas, tem muita coisa pela frente, tem treinamento de altitude, tem algumas outras competições para a gente testar o treinamento. Agora o principal é manter o foco, continuar treinando bastante. O primeiro passo da realização do meu sonho foi dada que foi a classificação”, contou Luiz Altamir.
A Rio 2016, que será realizado na cidade do Rio de Janeiro (RJ), começa no dia 5 e vai até o dia 21 de agosto. As disputas da natação acontecerão do dia 6 até o dia 13 de agosto.
Como o flamenguista conseguiu sua vaga?
No Open de Palhoça (SC), primeira seletiva olímpica, o nadador foi o único brasileiro a nadar abaixo do índice exigido de 3min50s44 nos 400 m livre  e garantir sua vaga na Rio 2016 – o tempo dele foi de 3min50s32. A vaga foi confirmada no Troféu Maria Lenk, última seletiva e evento-teste da modalidade, que foi realizada na piscina do Parque Olímpico da Barra (RJ), na semana passada.
Foi no Maria Lenk também que o atleta fez seus melhores tempos nas provas dos 200m livre (1min48s29) e nos 200 m borboleta (1min57s74). Com o tempo nos 200 m livre, o atleta do Flamengo ficou com a terceira vaga para o revezamento 4×200 m livre. O revezamento ainda não está garantido nas Olimpíadas, mas tem chance de classificação.
“Eu estou muito feliz pelos resultados, vai ser minha primeira olimpíada, vou estrear no meu país, minha família vai estar na arquibancada, muita gente que eu conheço vai estar torcendo por mim, então, a sensação é única”, disse.
Luiz Altamir é de Roraima e foi criado no Ceará. Mesmo jovem foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e agora se prepara para seus primeiros Jogos Olímpicos. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.
Luiz Altamir

Luiz Altamir entre os quatro melhores dos 200 m livre

Flamenguista deve, por enquanto, disputar duas provas na Rio 2016: 400 m livre e 4×200 m livre. Luiz Altamir conseguiu mais um feito na sua curta carreira. O atleta está entre os quatro melhores do Brasil nos 200 m livre após a disputa do Troféu Maria Lenk, última seletiva da Rio 2016 na natação. A vaga do País ainda não está garantida no revezamento 4×200 m livre, mas tudo leva a crer que o flamenguista e os outros três companheiros deverão disputar a prova em agosto. Neste sábado (16), o nadador fez 1min48s29 – o melhor tempo dele na carreira. Se confirmado a participação nas Olimpíadas, o time brasileiro vai contar com Nicolas Nilo (1min46s97), João De Lucca (1min47s65), Luiz Altamir (1min48s29) e André Pereira, que entrou com o quarto tempo de 1min48s72. O índice individual da prova era de 1min47s97.

“Eu fiz uma prova boa, mas não ainda o que eu almejava, mas pelo menos estou dentro do revezamento,com o Nilo, com o João e com o André. E a gente vai tentar representar o Brasil da melhor forma possível. Eu comecei com o pé esquerdo a competição, hoje o dia já foi melhor, melhorei meu tempo nos 200. Mas ainda não acabou, agora é focar nos 200 m borboleta”.

O nadador do Flamengo já possui a vaga olímpica nos 400 m livre – índice obtido no Open de Palhoça (SC) do ano passado – 3min50s32 e confirmado na sexta-feira (15), sendo ele o único brasileiro a nadar abaixo da marca exigida (3min50s44). No domingo (17), ele ainda nada os 200 m borboleta em busca do índice de 1min56s90, Luiz está balizado com o tempo de 1min58s21.

A última seletiva olímpica, evento- teste da natação, ocorre na piscina do Parque Olímpico da Barra, no Rio e Janeiro, e vai até o dia 20 (quarta-feira).

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é atleta do Flamengo. O atleta, que é patrocinado pelos Correios, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.

Foto: @FernandoMucci

Luiz Altamir

Luiz Altamir confirma vaga na Rio 2016 nos 400 m livre

O Brasil volta a ter um representante nos 400 m livre da Olimpíada depois de 12 anos. Luiz Altamir será o nadador do País na prova na Rio 2016 após os resultados do Troféu Maria Lenk, evento-teste da modalidade que ocorre no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro (RJ). O atleta do Flamengo confirmou sua participação na primeira seletiva, ainda em dezembro de 2015, no Open de Palhoça (SC), com 3min50s32. ”Estou muito feliz e emocionado! Não tenho palavras para descrever esse momento. É um sonho de criança que se torna realidade hoje. Treinei muito, suei bastante, batalhei todos os dias e agora tenho a chance de defender o meu País na Rio 2016. Espero evoluir ainda mais para baixar meus tempos”, disse o nadador de 19 anos. ”Represento o Brasil desde as categorias de base. No ano passado entrei para a seleção adulta e logo de cara competi o Pan de Toronto. É um orgulho fazer parte deste time”.

Nesta sexta-feira (15), na disputa do Troféu Maria Lenk 2016, Luiz Altamir não nadou abaixo do índice exigido, mas nenhum outro atleta superou sua marca e ele será o único representante do Brasil nos Jogos por enquanto. O último nadador brasileiro que esteve nos 400 m livre em uma Olimpíada foi Bruno Bonfim, em Atenas 2004. Ele não tinha o índice individual, mas competiu a prova porque se classificou para o revezamento 4×200 m livre. Luiz Lima foi o último brasileiro a nadar a prova com índice exigido, ele terminou em 17º lugar nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000.

Motivado para as próximas

Luiz Altamir busca neste sábado (16) o índice de 1min47s97 nos 200 m livre e consequentemente no revezamento 4×200 m livre. No Open de 2015, que valeu como primeira seletiva, o flamenguista fez 1min48s34, o melhor tempo de sua vida na distância. No domingo (17) o jovem de 19 anos compete os 200 m borboleta em busca do índice de 1min56s90. Está balizado com o tempo de 1min58s21.

A última seletiva olímpica é realizada na piscina do Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, e vai até o dia 20 (quarta-feira). A competição é a última chance que os atletas possuem para entrar para o time olímpico.

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é atleta do Flamengo. O atleta, que é patrocinado pelos Correios, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.

altamir2

Embalado por resultados no Sul-Americano, Luiz Altamir busca mais vagas olímpicas

Luiz Altamir vive o seu melhor momento na sua carreira. Com 19 anos, o flamenguista começa, a partir desta sexta-feira (15), a sua participação no Troféu Maria Lenk 2016, última seletiva olímpica da natação. O nadador do Flamengo, que foi um dos melhores do País no Sul-Americano do Paraguai, com cinco medalhas, faz sua estreia nos 400 m livre, prova em que já possui o índice olímpico, obtido no Open de Palhoça (SC) do ano passado – 3min50s32. Com o foco na obtenção de outros dois índices – 200 m livre e 200 m borboleta – o atleta quer fazer os melhores tempo de sua carreira. “Minha principal é, sem dúvida alguma, bater minhas marcas individuais. Segundo minha comissão técnica, eu consegui alcançar meu auge no treinamento. Eu cheguei ao Flamengo em 2012 e desde então busco esse sonho, que é nadar a Rio 2016. Me considero muito melhor do que eu estava no Open, isso é um algo que eu e meu técnico trabalhamos”.

O nadador do Flamengo tenta no sábado (16) o índice de 1min47s97 nos 200 m livre. No Open, ele fez 1min48s34, o melhor tempo de sua vida. Para fechar, Luiz Altamir também vai nadar os 200 m borboleta, no domingo (17). Está balizado com o tempo de 1min58s21 – o índice olímpico é de 1min56s90.

A seletiva olímpica, que define os brasileiros para a Rio 2016, será realizada na piscina do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, entre os dias 15 e 20 desse mês.

Sobre Luiz Altamir

Luiz Altamir é atleta do Flamengo. O atleta, que é patrocinado pelos Correios, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.